O Perigo de Fraude no e-commerce

Qualquer transação, qualquer negócio envolvendo dinheiro, está sujeito a fraude. Por mais cuidados que se tenham, a tecnologia está sempre apenas um passinho à frente de quem a quer utilizar para fins ilícitos (e por vezes nem isso).

Ainda mais assim é quando se trata de transações eletrônicas pois o pesadelo dos hackers e a falta da presença física abrem vários caminhos para a fraude ser cometida.

Uma das razões para existir tanta fraude no e-commerce é o fato de esse ser um fenômeno recente, pelo menos no que diz respeito à autêntica explosão no número de pessoas que estão vendendo e comprando na internet.

Cerca de 53% dos brasileiros já se econtra de alguma forma conectado à internet e a facilidade em acessar a mesma multiplicou exponencialmente as possibilidades de fraude eletrônica.

No entanto no ano passado o índice de tentativas de fraude no e-commerce caíu significativamente. Poderá ser esse um sinal de mudança para melhor e de uma internet mais segura?

Queda no índice de tentativas de fraude – animador?

É sempre animador quando qualquer valor relativo a qualquer tipo de crime apresenta uma redução bem marcada. No entanto um índice não é indicador de um número absoluto mas sim de uma relação entre números.

O recentemente publicado índice de tentativa de fraude no e-commerce parece bastante animador mas há que ter em atenção o crescimento gigantesco que se vem observando no número de lojas virtuais e, consequentemente, no número de transações que ficam assim sujeitas a fraude.

Por isso, quer seja o dono de um negócio de e-commerce, quer faça parte ou a totalidade de suas compras online, é importante que se informe sobre as práticas seguras para minimizar os riscos de fraude online em ambiente de loja virtual.

Tome todas as precauções necessárias para que a sua transação e o seu site de e-commerce se mantenham com total segurança.